Sintaema apoia a greve em defesa da Eletrobras

Publicado em 12/06/2018

Tamanho da fonte:

O Sintaema apoia a greve de 72 horas iniciada dia 11 de junho pelos urbanitários em defesa da Eletrobras. Assim como vem ocorrendo em empresas públicas de diversos segmentos, há um evidente interesse do governo golpista de Michel Temer em desmontar, precarizar e privatizar o patrimônio público brasileiro, envolvendo nesse processo empresas, bens e serviços.

O Brasil está entre os maiores produtores de energia elétrica do mundo, e mesmo assim ainda existem cidadãos que não têm ou não podem pagar por ela. As usinas da Eletrobras vendem energia elétrica mais barata porque conseguem produzir eletricidade de qualidade a baixo custo, com 87% de sua produção à base de água. Se a privatização ocorrer, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) já reconheceu que os preços vão aumentar.

A energia elétrica, assim como o petróleo e a água, é estratégica para a soberania e desenvolvimento do País, e a venda dessas empresas deixa os brasileiros mais pobres e à mercê de interesses internacionais. Vamos juntos defender a Eletrobras, porque defender as empresas públicas é defender o Brasil e seu povo.

Água e energia não são mercadorias!

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo