Campanha Salarial CETESB | Categoria avalia proposta e agenda nova assembleia

Publicado em 18/05/2022 12:07

Tamanho da fonte:

Em assembleia realizada pelo Sintaema nesta quarta (18), a direção do Sindicato apresentou a proposta da CETESB até aqui e orientou a base sobre os rumos da campanha salarial em 2022.

“Apresentamos a categoria que a negociação tem sido tranquila e com avanços significativos, mas que nossa posição em aguardar até a próxima reunião de negociação – que ocorrerá na próxima segunda (23), às 15h – para avaliar no que a empresa pode avançar e assim debater com a categoria os rumos da campanha”, informou José Faggian, presidente do Sintaema, ao final da assembleia, que aprovou por unanimidade a orientação do Sindicato.

Durante a assembleia, Faggian listou os pontos contidos na proposta da empresa e os pontos que o Sintaema cobrou na última reunião do dia 16 de maio.

Proposta da empresa:

  • – 96% e a garantia do emprego
  • – A ultratividade do Acordo Coletivo
  • – Oreconhecimento da data-base a partir de 1º de Maio
  • -Reajuste salarial de 12,26% (IPC/FIFE).

Pontos cobrados pelo Sintaema:

  • – Aumento real dos salários
  • – Equiparação dos VA e VR com o da Sabesp
  • – Acréscimo de 01 VR a mais por mês totalizando 25 vales
  • – Volta da Cesta de Natal
  • – Equiparação da gratificação de férias com o da Sabesp
  • – Pagamento dos retroativos de 2020 e de 2021
  • – A volta do pagamento do ATS – Adicional por Tempo de Serviço
  • – Criação de um Plano de Carreira (PC) que contemple toda a categoria e o pagamento do PC já avaliado e retroativo a outubro 2021
  • – Aplicação de concurso público
  • – Estabilidade dos delegados e delegadas sindicais
  • – Ampliação dos dias do atestado de acompanhante.

Após apresentação de toda a negociação a categoria aprovou o encaminhamento do Sintaema e deixou agendada nova assembleia para o dia 24 de maio.

Defesa dos Aposentados e Pensionistas

Durante a atividade, Faggian fez informe sobre a situação dos aposentados e pensionistas da CETESB. A direção do Sintaema cobrou maior empenho da CETESB na cobrança do governo para que se aplique os reajustes conseguidos em janeiro deste ano para os trabalhadores e trabalhadoras aposentados e pensionistas da empresa – que tem direito à complementação.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo