Sintaema dá o passo certo!

Publicado em 21/06/2010 00:00

Tamanho da fonte:

TRT mantém proposta de aumento real e garante estabilidade a todos os trabalhadores até o julgamento no dia 8, data em que já estaremos dentro da Lei eleitoral que não permite demissões em empresas públicas. Em 17 de junho, Sintaema e Sabesp se reuniram em audiência de conciliação no TRT, onde a Juíza relatora do dissídio coletivo de greve, Anelia Li Chum, manteve a proposta feita na audiência anterior, em 27 de maio: • reajuste de 5,49% ((INPC-IBGE) sobre os salários e benefícios; • aumento real de 1,5%; A Juíza também manteve as cláusulas já acordadas, marcou o julgamento do dissídio para o próximo dia 8 e determinou que nenhum trabalhador seja demitido até a data do julgamento. A Sabesp disse não ter como implementar a proposta do TRT na oportunidade, mas se propôs a examinar a possibilidade de eventual melhoria na proposta de forma ampla. Frente a isso o Sintaema acredita que deu o passo certo em garantir o que já havia sido negociado com a empresa e aguardar o julgamento do dissídio, já que os avanços conquistados só foram possíveis graças ao movimento paredista feito pelos trabalhadores. Julgamento e assembleia dia 8 Em assembleia realizada em 17 de junho, os trabalhadores aprovaram a proposta da Juíza relatora, estado de assembleia permanente e uma nova assembleia no dia 8 de julho, às 18 horas, já que neste mesmo dia haverá o julgamento do dissídio no TRT, às 15h30.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo