Privatização do saneamento – Governo já avalia futuro da Sabesp

Publicado em 30/06/2020

Tamanho da fonte:

Com o novo marco regulatório do saneamento aprovado, o Secretário da Fazenda do Estado, Henrique Meirelles, afirmou em entrevista ao Broadcast Estadão no último dia 25 que já há condições de avaliar o futuro da Sabesp.

O “futuro” da Sabesp a que o secretário se refere é a possível privatização da empresa.

De acordo com a matéria, o governo vai estudar tecnicamente se vende ou não o controle da Sabesp, e que ainda não há prazo para isso.

Agora teremos condições de optar qual é a melhor alternativa para a Sabesp, desde o ponto de vista de mercado, levantar qual seria o valor da ação em uma hipótese de capitalização do controle do Estado e qual seria o retorno na hipótese de não venda do controle“, disse, em entrevista ao Estadão/Broadcast.

Portanto, o governo estadual ainda estuda o que fazer com a Sabesp, a maior empresa de saneamento da América Latina e a 5ª maior do mundo, que dá lucros e possui um quadro de profissionais excelente.

O governo apenas esperava pela definição do nefasto projeto que desde o início mostrou a que veio: atender ao “deus mercado”.

E para saber das próximas lutas contra a privatização assistam à live com o Sintaema e sindicatos de outros Estados amanhã (1º), às 19h.

O Sintaema continuará engajado em seu incansável combate contra a privatização da Sabesp.

A luta continua! Não à privatização!

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo