Precarização põe em risco trabalhadores da Sabesp de Santa Branca

Publicado em 21/09/2022 09:27

Tamanho da fonte:

Mais um relato das péssimas condições de trabalho em unidades da Sabesp. Após denúncia da categoria e uma ação de fiscalização do Sindicato, foi verificado que na unidade da Sabesp da cidade de Santa Branca, os funcionários trabalham em condições de risco e insegurança.

“Segundo denúncia apresentada ao Sindicato pelos trabalhadores e trabalhadoras, chove dentro do refeitório, no galpão que usam como almoxarifado o telhado está quase desabando e está sustentado por madeiras de forma muito improvisada. Falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI), como luvas, óculos e botas, para os trabalhadores “temporários” (funcionários da Prefeitura que já se ativam na planta há 5 anos) que manipulam o Hipoclorito”, denuncia a direção do Sintaema.

Em reunião com a CH da Sabesp nesta terça (20), o Sindicato cobrou providências para resolver essa situação que amplia o risco para a categoria e aprofunda as péssimas condições de trabalho.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo