Departamento de Formação – Encontro de Delegados sindicais e suplentes

Publicado em 19/09/2019

Tamanho da fonte:

Para abordar as mudanças que o atual governo pretende fazer nos sindicatos o departamento de formação do Sintaema promoveu o Encontro de Delegados sindicais e suplentes da categoria no dia de hoje (19).

Duas palestras foram promovidas: “Reestruturação Sindical”, com o sociólogo e diretor do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, e “Os desafios atuais do sindicalismo”, com o presidente da CTB nacional, Adilson Araújo.

Ganz Lúcio contextualizou o momento dentro de rápidas mudanças que estão ocorrendo no mundo do trabalho, onde a tecnologia está ocupando postos, as formas de contratação com jornada parcial e trabalho intermitente, permitindo que um trabalhador tenha funções em várias empresas e que boa parte os empregadores não querem os sindicatos, assim podem fazer o acordo que bem entenderem.

“Eles falam em tirar o imposto e acabar com a unicidade, mas o que querem mesmo é o fim dos sindicatos. É preciso agir, reorganizar para se estruturar melhor daqui por diante, ter alternativa a este projeto, fazer o debate com a categoria e a unicidade de fato: todos juntos, centrais e trabalhadores para fortalecer a luta”, disse Ganz Lúcio.

Segundo o sociólogo, o 1º de maio unificado foi um grande exemplo disso, da importância dessa união da classe trabalhadora contra o projeto em curso.

Sob o mesmo prisma, Adilson Araújo também explicou as rápidas e nefastas mudanças que estão ocorrendo com a precarização das relações trabalhistas e as consequências, como jornadas livres, sem direitos e sem fiscalização por meio da MP 881/19.

“Estamos num contexto completamente adverso no qual uma medida provisória vale mais que Constituição Federal, onde o presidente diz que ‘ou se tem emprego ou se tem direitos’. É preciso o fortalecimento, a unidade, saber enxergar diante dessa nova realidade e fazer mudanças necessárias. Sem unidade e luta não há conquista”, finalizou o presidente da CTB.

O debate foi produtivo, os delegados e suplentes puderam expor suas questões e ampliar o conhecimento sobre o assunto para informar a base sobre esses fatos que estão ocorrendo e a importância da luta.

Estamos juntos!

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo