Trabalhadores protestam contra demissões

Publicado em 19/12/2005 00:00

Tamanho da fonte:

Cerca de 200 trabalhadores da Cetesb, entre aposentados na ativa e contratados pós constituição de 88, levaram sua bandeira na Assembléia Legislativa de São Paulo-Alesp no último dia 14 contra a ameaça de demissão anunciada no início do ano e que estão suspensas após muitas lutas e gestões junto ao Secretário de Meio Ambiente, José Goldemberg. O protesto se deu na reunião em que o Secretário da Casa Civil, Arnaldo Madeira, prestava informações sobre as Finanças e Orçamento do Funcionalismo Público, reunião esta convocada pelo deputado Renato Simões (PT). A causa dos cetesbianos foi amplamente defendida na reunião por líderes de várias bancadas, principalmente pelos deputados Nivaldo Santana (PCdoB) e Renato Simões (PT). Na ocasião foi entregue a todos os deputados e ao Chefe da Casa Civil um documento produzido pelo Sintaema, CRF, Sintius, AAPP, SEESP ASEC e Comissão de Funcionários, explicando a situação destes trabalhadores, o impacto e prejuízos que as demissões podem causar, e também solicitando empenho na renegociação do Termo de Ajustamento de Conduta-TAC. Por solicitação dos deputados, o Secretário Madeira comprometeu-se a agendar em breve uma reunião conjunta com o presidente da Cetesb, Rubens Lara, o Secretário Goldemberg e os líderes da Alesp para tentar renegociar o TAC. Sintaema conversa com Secretário Paralelo ao movimento, o Sintaema conversou na semana passada com o Secretário Goldembeg sobre o assunto, ocasião em que ele assegurou que a suspensão das demissões está mantida, e que já foi encaminhado à Casa Civil um projeto de lei com a estruturação da Secretaria de Meio Ambiente. Tal projeto está sendo analisado pelo Executivo e em breve deverá ser encaminado para Alesp.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo