Todos na assembleia do dia 27!

Publicado em 27/05/2013 00:00

Tamanho da fonte:

Uma nova assembleia será feita dia 27, na Sede do Sintaema, para avaliar os rumos do movimento.

Trabalhadores da Sabesp se reuniram em assembleia na Sede do Sintaema na noite de 14 de maio e aprovaram o indicativo de greve a partir do dia 28 de maio, caso a empresa não avance na proposta até então apresentada
.
Já houve três rodadas de negociação, mas o que foi apresentado até o momento ainda está muito aquém.

“Não aceitaremos retrocessos, e vamos para a greve se não tivermos uma proposta decente. “A Sabesp obteve um lucro líquido de R$ 1, 9 bilhão em 2012, e distribuiu R$ 530 milhões aos acionistas, portanto, tem que ter dinheiro para o trabalhador”, frisou o presidente do Sintaema, Rene Vicente. “É fundamental que todos participem dos movimentos, pois a luta é coletiva, os ganhos são coletivos, portanto todos devem enfrentar a Sabesp e o Estado, vamos todos juntos na luta”, finalizou.

A assembleia também deliberou a participação do Sintaema no ato unificado das demais categorias em campanha salarial e protestos de duas horas nas setoriais. Os movimentos tiveram excelente participação dos trabalhadores.

Veja abaixo um resumo da proposta da Sabesp.

• Reajuste pelo índice de 5,37% (IPC-FIPE) sobre os salários e benefícios, ficando: 

Cesta básica:
De R$ 172,80 para R$ 182,08 para quem recebe até R$ 5.632,42, mantendo o subsídio de 80% para demais empregados; 

Vale-refeição: 24 tíquetes de R$ 22,00 para R$ 23,19. Mantido o subsídio médio de 90% e demais critérios;

Gratificação de férias: valor fixo de R$1.245,30 para R$ 1.312,18. Mantidos os 40% da diferença entre o valor fixo e o salário; 

Auxílio-creche: Reembolso mensal de R$ 228,83 para R$ 241,12, mantidos os demais critérios;

• Manutenção das cláusulas sociais e sindicais, entre elas a complementação do auxílio-doença, licença-maternidade, descanso semanal remunerado e dirigentes sindicais, bem como o reconhecimento da figura do delegado sindical;

• Criação de comissão para tratar dos benefícios de auxílio-creche e Centros de Convivência Infantil, visando otimização e melhoria das práticas.

• Garantia no emprego a 95% do efetivo;

• Participação nos Resultados – aplicação do PPR

Atenção: Os trabalhadores podem acompanhar as negociações através das atas que estão publicadas neste site, no link “Campanha salarial”. 

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo