Sintaema se reúne com novos dirigentes

Publicado em 11/02/2007 00:00

Tamanho da fonte:

No dia 6 de fevereiro o Sintaema se reuniu com o novo Secretário de Meio Ambiente, agora também com a gestão dos Recursos Hídricos, Xico Graziano, e com o atual presidente da Cetesb Fernando Rei, para as apresentações iniciais e entrega de um documento elaborado por todas as entidades representativas do Sistema de Meio Ambiente. O Documento apresenta algumas das principais reivindicações das trabalhadoras e trabalhadores do Sistema como gestão participativa, plano de carreira da Fundação Florestal e Cetesb e ampliação do quadro de pessoal. O Sintaema colocou sua preocupação acerca do dissídio de 2006 dos trabalhadores da Cetesb, que se encontra na Justiça, o que surpreendeu o Secretário, que informou não ter conhecimento do caso. O próprio presidente, em reunião posterior da diretoria da Cetesb onde o CRF tem assento também mostrou desconhecimento do assunto. Ambos demonstraram indignação com o absurdo da situação e se comprometam em resolver esta pendência. Com relação ao Plano de Carreira da Cetesb, o qual o Secretário considera que valorizar os trabalhadores do sistema é condição essencial para o bom desempenho das atividades e, portanto levará adiante a concretização do Plano já foi aprovado pela Companhia. Outro assunto abordado pelo Sintaema é a questão do TAC que prevê a demissão de centenas de trabalhadores e tanto o Secretário como o Presidente se colocaram dispostos a resolver o problema da melhor forma possível. Este primeiro encontro foi de respeito mútuo, onde o Secretário informou que pretende fazer uma gestão pautada pela transparência, pelo melhoramento do setor, inclusive promovendo mudanças como no caso dos licenciamentos, hoje feitos por órgãos distintos, o qual pretende unificar em um único local, provavelmente na Cetesb, além da reestruturação da Educação Ambiental esfacelada na última gestão, a qual o Sintaema sempre considerou essencial a sociedade e ao Meio Ambiente. Esperamos o bom senso dos novos gestores em resolver às pendências trabalhistas e que a gestão democrática não seja apenas um discurso e sim a marca dessa administração.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo