DSR: trabalhadores aprovam proposta

Publicado em 04/09/2006 00:00

Tamanho da fonte:

Em Assembléia realizada no último dia 21, os trabalhadores aprovaram por ampla maioria a proposta da Cetesb para pagamento do passivo dos últimos cinco anos dos reflexos do DSR nas horas extras O Sintaema há muito tempo alertou a Cetesb sobre o pagamento incorreto das horas extras, uma vez que não incluía no cálculo os reflexos do descanso semanal remunerado – DSR. Numa diligência da Delegacia Regional do Trabalho-DRT à Cetesb, foi detectada tal incorreção, e a Companhia foi obrigada a corrigir imediatamente a forma de cálculo e negociar com os sindicatos o pagamento do passivo dos últimos cinco anos. A proposta apresentada pela Empresa foi fruto de algumas rodadas de negociação onde o Sintaema não permitiu que essa discussão fosse confundida com a Campanha Salarial e exigiu que a forma de pagamento do passivo fosse a mais vantajosa possível aos trabalhadores. É importante destacar a atuação da DRT, subordinada ao Ministério do Trabalho, que se tornou mais eficiente nos últimos anos, tendo em vista que o Governo Federal investiu na contratação de auditores e outros profissionais para dinamizar seus trabalhos em todo Brasil. Banco de Horas A Cetesb adiou para o dia 05/09 a reunião que seria realizada no dia 29/08, onde apresentaria o levantamento e uma proposta para pagamento do passivo do Banco de Horas. Caso a Cetesb não interrompa imediatamente a prática de banco de horas e zere o passivo existente o Sintaema tomará as medidas administrativas e jurídicas cabíveis. Sobre o dissídio No último dia 18 o processo de dissídio retornou do Ministério Público com parecer favorável aos trabalhadores, uma vez que se pronunciou pela greve não abusiva e o acolhimento dos pedidos contidos na proposta apresentada pela Cetesb na negociação do dia 02/06. Resta agora que o Tribunal Regional do Trabalho marque a data do julgamento.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo