CETESB: Mobilização e Unidade

Publicado em 11/06/2012 00:00

Tamanho da fonte:

Depois de algumas negociações sob tensão, desmarcação de última hora de reuniões agendadas e um nítido descaso pelo pleito dos trabalhadores, a Cetesb precisou enfrentar uma greve para constatar que seus trabalhadores não estavam para brincadeira.
Partindo de uma proposta indecente, que reduzia a garantia no emprego para 90% do efetivo, os trabalhadores entraram em greve no dia 4 de junho, com excelente adesão em todo o Estado. Os trabalhadores foram à luta e não se intimidaram diante da liminar concedida à Cetesb, que exigia 70% dos trabalhadores em serviço e
multa diária de R$70 mil ao sindicato.
Frente ao movimento paredista, a empresa fez uma reunião com o Sintaema na manhã de 5 de junho e avançou em pontos importantes.

Em assembléia no mesmo dia, os trabalhadores aprovaram a proposta negociada, que contemplou, entre outros:
• 6,17% de reajuste sobre os salários e benefícios;
• 95% de garantia no emprego ao efetivo;
• 100% da folha de pagamento para a PPR referente a 2012;
• Manutenção das demais cláusulas sociais, conforme acordo anterior;
• Formação de comissões para tratar de assuntos da pauta, como o piso dos universitários, entre outros.

Vale lembrar que no dia 4 de julho será paga a PPR de 2011. Sem dúvida, os cetesbianos não somente mantiveram seu acordo, sem retirar nenhum direito ou conquista, como também avançaram no pleito.
A campanha dos cetesbianos repercutiu em vários veículos de comunicação, entre eles a CBN, SPTV, Diário de SP, Estadão e Agora. Vale ressaltar que esse resultado só foi possível graças à mobilização e unidade dos companheiros e companheiras da Cetesb, que foram à luta e conquistaram mais um acordo.
Pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, data em que os trabalhadores venceram mais uma batalha, nossos mais sinceros parabéns aos companheiros e companheiras da Cetesb, que lutam por seus direitos e lutam pela preservação da natureza e da qualidade de vida da população. 

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo