Balanço Financeiro no Governo Covas/Alckmin 1995-2004

Publicado em 02/05/2005 00:00

Tamanho da fonte:

ANÁLISE DO BALANÇO – ;Pela análise do balanço, concluímos que, nos últimos anos, o Governo do Estado recebeu entre dividendos e a venda de ações da Sabesp a quantia de R$ 3,29 bilhões e não investiu um único centavo na empresa. A despesa financeira da Sabesp (pagamento de dívida e juros) no período atingiu a bagatela de R$ 10,7 bilhões, além disso,a dívida da empresa aumentou em 67,45 % de R$ 4,211 bilhões em 1997 para R$ 7,050 bilhões em 31/DEZ/04. No período analisado, a Sabesp aumentou a sua receita, a produtividade real em 69,19 %, mas demitiu funcionários, cortou benefícios e não repassou aos funcionários o aumento real de salário em razão da produtividade. Sempre reajustou a tarifa acima dos indices inflacionários. Comparem os reajustes de tarifas x o reajuste de salários. Investiu R$ 7,2 bilhões nos últimos 11 (onze) anos, que dá uma média de R$ 654 milhões/ano. O Governo do Estado de São Paulo detinha em 31/DEZ/04, 50,26 % das ações da SABESP. FONTE: CVM – COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS, SABESP – CIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO, BALANÇOS ANUAIS DE 1999, 2000, 2001,2002, 2003 e 2004.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo