Acidente com trabalhador: DRT multa empresa

Publicado em 15/03/2009 00:00

Tamanho da fonte:

Trabalhador da Sabesp que teve o braço esmagado em acidente estava com o exame médico vencido havia dois anos. Conforme publicamos na edição 696 deste jornal, um trabalhador da Sabesp teve o braço mutilado devido a um esmagamento do mesmo em acidente com empilhadeira, na Sabesp da Vila Leopoldina. O Sintaema acompanhou no local a fiscalização da Delegacia Regional do Trabalho (DRT), que constatou que o trabalhador acidentado estava com o exame médico vencido e sua credencial desatualizada e sem foto, o que é obrigatório para operar empilhadeira. Como resultado da fiscalização, a Sabesp foi intimada a apresentar um cronograma de melhorias, o que foi feito em reunião na DRT com a presença do sindicato, no dia 2 de março, ocasião em que a Sabesp também foi multada. Quanto ao companheiro acidentado, está afastado e passa bem, apesar da lamentável perda e das adaptações que terá que fazer em sua vida. Vale ressaltar que o sindicato acompanhará o cumprimento do cronograma e o desenrolar do processo, primando sempre pela integridade física dos trabalhadores. Sintaema questionou sobre o adicional de insalubridade No ensejo da reunião, o Sintaema questionou a Sabesp sobre a situação de companheiros que recebiam adicional insalubridade e que foi suspenso há cerca de três anos sem apresentação de laudos. A Sabesp se comprometeu a apresentá-los.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo