SINTEMA/SP na CPI da Sabesp

Publicado em 11/02/2015 15:13

Tamanho da fonte:

Na manhã de hoje, dia 11/02 (terça-feira), o SINTAEMA/SP, através do seu presidente Rene Vicente, participou da CPI da Sabesp, que acontece desde agosto de 2014 na Câmara Municipal da Cidade São Paulo.

foto_rene_cpi_sintaema

Essa CPI tem por objetivo apurar os responsáveis pela grave crise hídrica que a região metropolitana da cidade de São Paulo vem enfrentando no ultimo ano.

Durante os depoimentos, o SINTAEMA/SP falou sobre os vários elementos que permeiam a crise, dentre eles o racionamento de água na cidade de São Paulo, a completa falta de água em algumas regiões e a falta de investimentos que não foram feitos pela empresa no ultimo período.
O SINTAEMA/SP enfatizou que a crise era previsível: “desde janeiro do ano passado vínhamos alertando da necessidade da realização do racionamento”, além disso, cobrávamos da empresa um plano de gerenciamento da crise que estava chegando. Mas infelizmente, a posição da empresa foi a de esconder o problema ao invés de alertar a população e implementar ações de conscientização para que se economizasse. Reafirmamos a importância de defender a Sabesp enquanto empresa pública, e da importância da empresa na universalização do saneamento e na saúde da população.
Embora os investimentos tenham ocorrido, eles seguiram a lógica de mercado – os investimentos visaram o aumento do consumo – enquanto a água era tratada como mercadoria, os grandes consumidores eram procurados pela empresa para se tornarem clientes, o objetivo fim era vender mais água,  gerando maiores lucros para os acionistas.

ato_do_sintaema_cpi_sabesp

Afirmamos também a importância dos trabalhadores, pois durante esse momento, eles são peça chave na superação da crise, são eles que estão “segurando o rojão” e evitando que a situação torne-se ainda mais grave. Mesmo assim, a empresa vem demitindo vários funcionários aposentados e ameaça demitir outros não aposentados, enquanto por outro lado, não demonstra intenção de repor esta mão de obra, o que sobrecarrega ainda mais o quadro já defasado de trabalhadores.

ato_na_cpi_sabesp

Preocupados com a grave crise hídrica que afeta toda a população, estiveram presentes na CPI diversos movimentos de moradia de São Paulo. Estes movimentos já estiveram juntos ao SINTAEMA/SP desde o início da crise, participando de atos, protestos, passeatas e manifestações.

movimentos_habitacionais_comparecem_junto_ao_sintaema_na_cpi_da_sabesp

Movimentos de moradia presentes na CPI
Em breve estaremos disponibilzando o vídeo da participação do SINTAEMA/SP na CPI da Sabesp.
ÁGUA NÃO É MERCADORIA.
ÁGUA É VIDA!
Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo