CTB | Proposta das centrais é acolhida pelo presidente do Senado

Publicado em 04/05/2021

Tamanho da fonte:

Em reunião virtual com a CTB, CUT, Força Sindical, UGT, Nova Central, CSB, Intersindical e Pública no dia 3 de maio, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, acatou o manifesto entregue pelas centrais que aponta o necessário debate e ações para os problemas atuais no país.

Para tanto será criado um Grupo de Trabalho que discutirá pontos como desemprego e desindustrialização, entre outros, e medidas para recuperação da renda dos cidadãos e da indústria brasileira, além de outras importantes questões.

As Medidas Provisórias (MP’s) sobre Auxílio Emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia e a proteção dos empregos e salários estão entre as propostas apresentadas no manifesto.

Como resultado da frutífera reunião, os encaminhamentos dados foram a condução do debate sobre as MP’s, discussão para instituir de forma permanente o programa de proteção de renda e combate à pobreza, e prioridade em questões que acelerem o acesso às vacinas com apoio ao SUS.

No final de maio as Centrais se reunirão novamente com o presidente do Senado.

CTB e todas as centrais juntas na luta!

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo