Nosso apoio aos Metroviários

Publicado em 09/04/2020 11:28

Tamanho da fonte:

Em plena pandemia o TST cassou liminar dos companheiros metroviários que obrigava a empresa a fornecer EPI’s a todos os trabalhadores, inclusive os terceirizados, e afastar aqueles que integram o grupo de risco do Coronavírus.

Com essa decisão, o TST, na pessoa da ministra Cristina Peduzzi, condena à própria sorte e até mesmo à morte, conforme o sindicato dos metroviários enfatizou, os companheiros do metrô e a população usuária também, todos correm riscos.

O Sintaema repudia a decisão do TST e está junto com os metroviários nesta luta pela vida!

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo