Encontro de Delegados debateu saúde e a importância do SUS

Publicado em 10/08/2018 18:05

Tamanho da fonte:

O Departamento de Formação promoveu no dia 9 de agosto o Encontro de Delegados sindicais e suplentes da categoria para o debate sobre saúde e sobre a Sabesprev, na Sede do Sintaema.

O encontro foi bastante produtivo, com abordagens sobre o desmonte que o governo Temer vem fazendo no país, inclusive a ameaça de privatização do setor de saneamento com a MP 844/18; o plano de saúde da Sabesprev que passará por mudanças, com esclarecimentos sobre o andamento das reuniões que tratam do assunto e a importância dos trabalhadores da Sabesp em participarem da consulta pública sobre os planos; e por fim, uma verdadeira aula sobre o SUS – Sistema Único de Saúde, e o quanto ele significa um avanço no país, embora esteja sendo sucateado pelo governo Temer. Confira algumas citações do encontro:

“O golpe que tirou Dilma introduziu Temer, que por sua vez adotou uma agenda neoliberal na qual a economia não cresce, promoveu a terceirização irrestrita, a reforma trabalhista e hoje temos 14 milhões de desempregados. É preciso um novo governo que se identifique com os interesses da classe trabalhadora e do povo”, disse o secretário de relações internacionais da CTB, Nivaldo Santana.

“A ponte para o futuro é para os mais ricos, enquanto a maioria esmagadora continua na pobreza”, frisou o presidente do Sintaema, Rene Vicente.

“Fomos até Brasília conversar com os deputados sobre a MP 844/18 e mostrar o quanto ela será prejudicial para a universalização do saneamento. A MP é tão perversa que conseguiu unir até inimigos”, explicou o vice-presidente e diretor de imprensa do Sintaema, José Faggian.

A saúde pede socorro

Para falar sobre o SUS, na parte da tarde o encontro trouxe a Conselheira de Saúde do Estado de São Paulo e assessora da Federação Nacional dos
Farmacêuticos, Zizia Oliveira, que mostrou o funcionamento do SUS e a importância do sistema na saúde da população brasileira.

Infelizmente, com o governo golpista de Temer, o SUS perdeu recursos do pré-sal, reduziu o programa “Mais Médicos”, o atendimento nas UPAS e
farmácia popular.

“O SUS é muito importante na qualidade de vida da população, o SUS é a água que bebemos, o banho que tomamos, as vacinas e tudo que possa melhorar a saúde. Queremos a saúde e a democracia que nos foi tirada com o golpe de 2016”, disse Zizia.

Além de várias participações dos delegados e diretores do Sintaema nas intervenções, o encontro contou com a presença de Vanderlei Siraque, membro do PCdoB de Santo André, que saudou os participantes do evento e se colocou à disposição para a luta.

Juntos na luta por mais saúde e democracia! 

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo