Trabalhadores decidem adiar a greve

Publicado em 03/07/2012 00:00

Tamanho da fonte:


 
A direção da Fundação reiterou sua posição de aceitar o reajuste salarial de 6,17% com repasse aos benefícios, porém depende dos órgãos do Governo (Codec), inclusive as melhorias na cesta básica para atingir o mesmo valor da cesta dos trabalhadores da Cetesb.

De acordo com a direção da Fundação, estão sendo feitas gestões junto ao governo para que o pleito seja atendido com agilidade. 

A reivindicação enviada à Comissão de Políticas Salariais corre sob o processo 12091531067/2012.

Diante deste fato novo, os trabalhadores decidiram na assembleia realizada na tarde de hoje não entrar em greve no momento e aguardar uma nova negociação que ocorrerá dia 18 de julho, às 14h, na Fundação. Porém, o estado de greve foi aprovado, bem como a realização de protestos-pipoca e uma nova assembleia dia 19 de julho, às 13h, no Horto.

 Os trabalhadores da Fundação estão de parabéns pela mobilização. Vamos continuar lutando, e caso a proposta não se concretize, vamos ao enfrentamento!


 

 

 

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo