Trabalhadores de agência pedem socorro!

Publicado em 08/04/2013 00:00

Tamanho da fonte:

 Há 21 meses os funcionários trabalham em local improvisado e em péssimas condições. O Sintaema esteve no local e já solicitou providências ao superintendente.

Em julho de 2011 os trabalhadores da agência São Mateus se mudaram para um local que era um salão de festas, visto que onde estavam seria reformado no prazo de três meses. Passados quase dois anos, a obra ainda não está pronta, e os trabalhadores continuam no salão improvisado e em condições precárias.

O salão é completamente inadequado. Pouco espaço, fiação exposta, luminárias caindo por má fixação, o piso é rústico com buracos e protuberâncias. O banheiro dos clientes tem uma única janela que dá acesso ao escritório, ou seja, não tem ventilação. O outro banheiro, dos funcionários, é utilizado por homens e mulheres.

Nem sequer uma pia para lavar um simples pano de chão existe. Na situação atual, após diversas reclamações, foi feita a manutenção nas lâmpadas, inclusive improvisando uma amarração para evitar a queda na cabeça de alguém. E não bastasse tudo isso, dias atrás foi cortada a energia elétrica da agência por falta de pagamento. Os clientes ficaram indignados, e os trabalhadores, de mãos atadas. É absurdo demais tamanho descaso da Sabesp para com seus funcionários e a população. Vergonhoso!

E mais: depois de todo esse tempo, somente agora foi instalada uma caixa d´água, mas praticamente tudo continua improvisado. É um verdadeiro caos!

Quanto a agência que está em reforma, não há data para a conclusão da obra. É muito descaso com os trabalhadores, é uma palhaçada!

Frente a isso, o Sintaema esteve com o superintendente da área e cobrou providências imediatas, o que já está em andamento. Juntos na luta!

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo