Trabalhadores conquistam um bom acordo!

Publicado em 31/05/2012 00:00

Tamanho da fonte:

Depois de quatro rodadas de negociação de muita tensão e uma assembleia no dia 16 quando os trabalhadores decidiram que entrariam em greve caso a Sabesp não apresentasse uma proposta decente, o Sintaema, com apoio dos trabalhadores, conquistou um bom acordo, aprovado em assembleia no dia 23.
O Sintaema levou para os trabalhadores a proposta arrancada da empresa na audiência de mediação ocorrida no mesmo dia, e ela foi aprovada pela maioria.
“Começamos a negociação com uma proposta absurda, inaceitável, mas diante da pressão da greve e da rejeição por parte do Sintaema e demais entidades em não aceitar a proposta indecente, a Sabesp percebeu que não estávamos para brincadeira e foi avançando gradativamente nos últimos dias, até chegar no Ministério do Trabalho a um patamar digno”, disse o presidente Rene Vicente.
“É claro que não é a proposta idealizada por todos, mas tivemos importantes avanços, e o que é melhor, a garantia do índice da manutenção no emprego e uma data para
o tão esperado plano de cargos e salários, que trará melhorias significativas para a categoria. Temos consciência de que enquanto esse governo truculento estiver no poder não podemos esperar grandes mudanças, mas lutar para ampliar conquistas e não permitir a retirada de nenhum direito”.
“A luta não terminou, vamos continuar pressionando a empresa pelo fim do salário regional em toda a Sabesp, estamos fazendo o abaixo-assinado pela PLR igualitária, vamos discutir a escala de revezamento, enfim, há muito por fazer e não vamos desistir. Esta foi apenas uma batalha vencida, a guerra continua. Porém agora com a garantia no emprego e mais conquistas. Estaremos juntos na luta, sempre”, finalizou o presidente.

Confira a proposta aprovada:
• Reajuste de 6,17% sobre os salários (4,15% e 1,93% de aumento real);
• Reajuste de 10% no VR, passando de R$20,00 para R$22,00;
• Reajuste de 8% nos demais benefícios:
Cesta básica de R$160,00 para R$172,80;
Gratificação de férias de R$1.153,05 para R%1.245,29; Auxílio-creche de R$211,88 para R$ 228,83;
• Garantia no emprego a 98% do efetivo;
• Implantação do Plano de Cargos e Salários em novembro;
• Adicional para dirigir veículos: para quem dirige e recebe, tirar a média dos últimos seis meses dirigidos e o valor passa a ser pago como vantagem de ordem pessoal. Se esse valor der menos de R$130,00, o trabalhador receberá os R$130,00, valor esse que também será pago para quem hoje dirige e não recebe;
• Manutenção das cláusulas sociais e sindicais: complementação do auxíliodoença, licença-maternidade de 180 dias e reconhecimento da figura dos delegados sindicais;
• Pagamento da PLR durante o acordo coletivo;
• Estabilidade para delegados sindicais;

As diferenças do retroativo serão pagas no salário de maio, exceto o novo credenciamento, que está previsto para julho devido aos cálculos.
O Sintaema parabeniza todos pela mobilização e unidade durante todo o processo de negociação e a participação nas assembleias, que resultou em um bom acordo coletivo, e agradece o apoio dos companheiros Chicão e Bitelli, da Fenatema e Sindicato dos Eletricitários. Vale destacar que a campanha teve boa repercussão na grande imprensa: Estadão, Agora, Diário de São Paulo, Folha On Line, SPTV e diversos portais e jornais do Interior.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo