Terceirizado morre soterrado

Publicado em 14/04/2008 00:00

Tamanho da fonte:

Um trabalhador terceirizado da empreiteira Amafi, que presta serviços à Sabesp, morreu soterrado na madrugada do dia 8 de abril, quando desmoronou a vala em que trabalhava para a troca de tubulação da rede de esgoto, na Zona Sul de São Paulo. O Sintaema esteve no local e detectou que não havia escoramento na vala de 3 metros de profundidade, sendo que a partir de 1,20m, toda vala necessita de escoramento. Não é de hoje que o Sintaema vem registrando neste jornal os acidentes fatais com trabalhadores de empreiteiras contradadas pela Sabesp. Estas empresas muitas vezes não atendem às normas de segurança e exigências de proteção. A Sabesp, por sua vez, falha na fiscalização. O Sintaema é contra a terceirização dos serviços, pelos diversos males que vêm com ela: serviços de má qualidade e precarização das relações trabalhistas, além de acidentes trágicos, como este último. Vale registrar que empreteira já foi notificada para prestar esclarecimentos no Ministério Público no próximo dia 16, e o Sintaema, que vem acompanhando o caso, estará presente. Continuaremos denunciando e protestando contra a terceirização, que só traz prejuízos à população e aos trabalhadores.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo