Sabesprev – Planos de Saúde

Publicado em 08/10/2007 00:00

Tamanho da fonte:

Uma nova reunião sobre os planos de saúde foi realizada no último dia 25, ocasião em que foram apresentados pelo atuário estudos sobre as idéias levantadas pelo Sintaema e demais sindicatos em relação aos planos de saúde dos aposentados. Na sugestão da criação de uma poupança individual de saúde existem empecilhos legais. A possibilidade no caso seria a criação de um fundo mutualista para gerar reservas financeiras e teria que haver contribuição obrigatória, porém sem garantias de que haverá continuidade do mesmo tipo de planos e serviços, o que dificulta muito a viabilidade desta idéia. O atuário apresentou à comissão a possibilidade da criação de dois novos planos (um com padrão apartamento e outro enfermaria) e a extinção do plano básico. São planos com uma rede menor, mas com bom padrão de qualidade e com direcionamento de rede, sendo o custo inferior ao atual plano especial. Outro estudo apresentado foi quanto as formas de custeio do plano, com três possibilidades além da que existe hoje (por faixa etária): critério de renda do titular, sendo que os menores salários seriam subsidiados pelos maiores; critério de regionalização; e a terceira possibilidade seria por grupo familiar. Todos os estudos feitos até agora apontam que será difícil um barateamento dos planos, visto que a Sabesp tem se recusado em contribuir financeiramente para ajudar a diminuir os custos futuros dos planos dos aposentados.A política de redução de funcionários também tem agravado o problema, haja vista que a cotização entre os aposentados tem diminuido. Estamos falando de um setor que tem por objetivo o lucro, onde prevalece uma visão mercantilista, sendo que muitos dos prestadores de serviços médicos têm ações em bolsas de valores. Não há uma visão solidária pela saúde da população, por isso a nossa luta principal deve ser pela permanente busca da melhoria do serviço público, o qual, aliás, já pagamos muitos impostos para esta finalidade. A situação precária do serviço público torna os trabalhadores reféns de redes e planos privados, tanto que o congresso nacional vem debatendo este assunto. No próximo jornal o assunto terá continuidade. Plano odontológico No dia 19 de setembro iniciou-se o processo de licitação sobre a empresa que prestará serviços odontológicos à Sabesprev. Quatro empresas entregaram os documentos: Odontoprev, Interodonto, Prodente e Odontoclínicas. Os documentos serão analisados para a habilitação das empresas e após esta etapa serão abertas as propostas comerciais. A vencedora será a que apresentar menor preço. Todo este trabalho vem sendo organizado pela área de licitação da Sabesp. Vale ressaltar que no plano odontológico não há nenhum tipo de participação financeira da Sabesp, todo custo é arcado pelo participante. A Sabesprev deverá divulgar o resultado assim que concluir o processo.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo