Sabesp tem lucro de R$ 1,223 bilhões em 2011

Publicado em 16/04/2012 00:00

Tamanho da fonte:

A Sabesp publicou seu balanço no qual obteve lucro de 1,223 bilhões no ano de 2011. Confira as principais considerações do Sintaema sobre esse balanço: 

• A Sabesp pagará R$578,7 milhões em dividendos aos acionistas, e para os funcionários foi provisionado apenas uma folha de PLR (R$56 milhões) para pagamento em abril. O que é isto? Foram os trabalhadores que fizeram a Sabesp ter o lucro vultoso e os trabalhadores ganham apenas uma folhinha? É um insulto aos trabalhadores.
• Os conselheiros dos conselhos de administração e fiscal e os diretores da Sabesp, que juntos somam 20 pessoas, receberam R$2,6 milhões de remuneração fixa e mais R$ 1,1 milhão variável, totalizando R$3,7 milhões. Tem cabimento? Essas 20 pessoas fazem mais que as outras 14 mil?
 • O lucro de 2011 foi de R$ 1.223 bilhões, mas poderia ter sido de R$ 1.671 bilhões se não fosse a valorização do real perante o dólar.
 • A produtividade real dos funcionários foi de 6% em 2011. Entre 2006 e 2011 ela foi de 32%.
 • Em 31/12/2011 a Sabesp tinha 14.896 empregados efetivos, 7.400 terceirizados, 918 estagiários e 500 jovens aprendizes.
 • A Sabesp investiu R$ 13,4 milhões em incentivo à cultura, praticamente 25% da folha de PLR, em filmes e artes, entre outros. É importante incentivar a cultura, mas os trabalhadores não conseguem desfrutar dessa cultura com salários baixos!
 • A dívida total da Sabesp em 31/12/2011 era de R$ 8,4 bilhões, sendo em moeda nacional R$ 5.369 bilhões e estrangeira de R$ 3,053 bilhões.
 • A Sabesp pagou no ano de 2011 R$ 124,4 milhões para os G-Zero. Estes deveriam ser pagos pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, que já deve à Sabesp a quantia de R$1.512 bilhões referentes aos pagamentos do G-Zero.
• De contas particulares e entidades públicas a Sabesp tem a receber R$1,406 bilhões.
• A Sabesp pagou R$ 1,21 bilhões em imposto de renda, PASEP e COFINS em 2011. A Sabesp poderia aumentar o vale-refeição e a cesta básica e colocar mais dinheiro nos planos médicos da Sabesprev para abater no imposto de renda. Mas em vez desse procedimento saudável e produtivo, a empresa prefere a mordida do leão.
• Somente em dívidas a Sabesp pagou em 2011 R$1,91 bilhões.
• A receita operacional bruta foi de R$ 10,5 bilhões, considerando também a receita de construção, o que representa um aumento real de 7,50% sobre o ano de 2010. A receita operacional líquida teve aumento de 7,60%, totalizando R$ 9,9 bilhões.
• O volume faturado de água aumentou 2,60% e o de esgoto 3,60% em 2011, e a perda de água fechou em 25,60% em 2011.
• O governo do Estado de São Paulo detém 50,26% das ações da Sabesp
• A empresa economizou R$ 61,3 milhões com a migração dos participantes e assistidos que saíram do plano BD para o Sabesprev Mais (CD). Porém, esta economia é em razão de o plano Sabesprev Mais não ter renda vitalícia.

A conclusão que chegamos diante desses números é a de que SEM SEUS FUNCIONÁRIOS A SABESP NÃO É NADA. Os funcionários devem ser valorizados e respeitados, POIS ELES SÃO a razão de a Sabesp existir e ser o que é.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo