Na segunda rodada, empresa apresenta metas da PLR 2011

Publicado em 16/05/2011 00:00

Tamanho da fonte:

Na segunda reunião de negociação entre o Sintaema e a Sabesp, a empresa apenas apresentou as metas para este ano e os ajustes feitos na PLR de 2011 para se adequar ao Decreto 56.877/2011, do governo Alckmin, que, entre as novidades, a polêmica é a que coloca a possibilidade de a empresa conceder a PLR sem acordo com as entidades. Tamanha afronta do governo foi rebatida pelas entidades presentes, pois isto significa que os trabalhadores poderão ter que “engolir” a PLR do jeito que o governo achar que deve ser. Como este ponto ainda não ficou claro, e a Sabesp o apresentou como uma possibilidade e não como um fato, o Sintaema vai aguardar esclarecimentos. A apresentação mostrou que alguns procedimentos já eram de conhecimento, como o limite de uma folha nominal (salário base + comissão/gratificação de função+ATS) para o pagamento da PLR, e a proibição do adiantamento da participação. O Sintaema criticou as mudanças, e disse que lutará pela distribuição de duas folhas de pagamentos de forma igualitária, e pela continuidade da antecipação, pois o adiantamento ajuda bastante os trabalhadores a pagar as contas do começo de ano. “O Trabalhador tem que trabalhar cada vez mais para alcançar as audaciosas metas da Sabesp, mas quanto mais a empresa lucra, menos ela paga!” desabafou o presidente Rene Vicente. A empresa informou que as adequações ainda precisam passar pelo Codec (que novidade!) e se comprometeu a trazer mais informações sobre a PLR na próxima reunião, dia 17 de maio. O Sintaema espera que a Sabesp avance nas negociações e mantenha um ritmo progressivo. É de suma importância que os sabespianos participem da assembleia para encaminharmos formas de luta.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo