Na luta pelos sabespianos de Botucatu

Publicado em 05/07/2004 00:00

Tamanho da fonte:

Acompanhado dos vereadores Antonio Luis Caldas (PCdoB) e Claudio Aparecido Alves da Silva (PT), o Sintaema foi recebido no dia 1º de julho pelo prefeito de Botucatu Antonio Mario de Paula Ferreira Ielo (PT) para discutir o contrato de concessão com a Sabesp, que vence em agosto deste ano. O prefeito manifestou sua contrariedade à privatização dos serviços de água e esgoto, bem como ao passivo ambiental da Sabesp, já que passados quase 30 anos, a Companhia não promove o tratamento de esgotos na cidade. Por sua vez, o Sintaema manifestou a preocupação com o futuro dos trabalhadores da Sabesp daquela localidade, destacando o profissionalismo e a dedicação dos companheiros, que dão o melhor de sí no desempenho de suas atividades, graças a experiência acumulada ao longo do tempo. O sindicato fez referência quanto à renovação do contrato de concessão, da necessidade do mesmo ser estabelecido em novas bases, onde o município possa ter de fato e de direito a participação na definição de prioridades e fiscalização da gestão, com destaque para o efetivo controle social, e, por consegüinte, o fortalecimento e manutenção da Sabesp como empresa pública. Definiu-se então a constituição de uma comissão a partir do Executivo , Legislativo e Sintaema, com a função de organizar audiências públicas visando oferecer esclarecimentos a populares e subsidiar propostas que venham embasar as decisões sobre a prestação destes serviços no município, pioneiro na concessão com a Sabesp em 1974.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo