Moção de repúdio

Publicado em 11/06/2012 00:00

Tamanho da fonte:

Em assembleia no dia 4 de junho os trabalhadores da Saned aprovaram uma moção de repúdio pela atitude do assessor especial da diretoria da empresa, Walter Rasmussen, que durante as negociações desrespeitou a comissão, o sindicato e o conjunto de trabalhadores.
O assessor, ao apresentar a proposta, disse que os trabalhadores já poderiam começar a greve, se quisessem, e que eles já estavam ganhando por não terem nenhum direito retirado.
Também disse que não estava disposto a perder tempo. É vergonhosa a postura da empresa ao colocar uma pessoa que demonstra total despreparo e falta de habilidade política na condução da negociações, desrespeitando a população e os trabalhadores, que cumprem com seus deveres 24 horas por dia. 

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo