Frota está em péssimas condições

Publicado em 04/10/2004 00:00

Tamanho da fonte:

A Sabesp publicou no último dia 29 o “Fato Relevante” que anuncia a distribuição de 21,54% de suas ações ordinárias para os mercados nacional e internacional, objetivando viabilizar “maior liquidez” das ações e alegando estar cumprindo assim as boas práticas da governança corporativista. Contra esta venda, o Sintaema desenvolveu várias formas de luta, e já havia alertado anteriormente que, após a aprovação do projeto 410/03, a concretização da venda das ações era apenas uma questão de tempo. Em que pese a questão do Estado ainda deter o controle acionário da Companhia, a venda destas ações não implica em investimentos no setor, ao contrário, o lucro vai para os cofres do governo, que distribui o dinheiro onde bem entende, em detrimento de investimentos numa área tão deficitária como o saneamento.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo