Democracia e mudanças importantes

Publicado em 02/12/2013 00:00

Tamanho da fonte:

Congresso garantiu voz a todos os participantes. Delegados discutiram as teses e muito contribuíram nos debates.



Nos dias 22, 23 e 24 de novembro o Sintaema realizou o 8º Congresso da categoria, na cidade de São Pedro. Foram três dias de importantes discussões e estudos que resultaram na aprovação das teses e mudanças importantes no estatuto do sindicato.
Desde o início do processo foram garantidas as participações dos trabalhadores através da divulgação das teses, inclusive de outras correntes, no site do Sintaema.

Convidados destacaram a importância do congresso e enalteceram a categoria
A abertura do 8º Congresso do Sintaema foi marcada pela importância, ressaltada por todos, da realização deste fórum máximo de decisões que nortearão a categoria, sempre combativa, não somente na luta por direitos e conquistas, mas também pelo envolvimento em defesa do saneamento e meio ambiente.

“Estamos diante de uma crise econômica do capitalismo, e uma categoria como esta debate e aponta perspectivas de luta. Sucesso a todos!”
Adilson Gonçalves de Araújo – presidente da CTB nacional

“O povo na rua. O tema escolhido é fantástico para este congresso que tem uma categoria combativa, que vai para as ruas”
Gabriel Sollero – Direção estadual da Consulta Popular

“Que desse congresso saiam importantes resoluções que possam ajudar cada vez mais a melhorar a vida dos trabalhadores”
Antonio Aparecido Toniolo – Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Osasco

“Esta é uma das categorias mais importantes do país, não somente pela brilhante defesa de seus direitos, mas também por prestar um grande serviço contra os desmandos deste governo estadual e seus projetos de privatização e terceirização”
Onofre Gonçalves de Jesus – presidente da CTB estadual

“Sintaema e Sintius juntos, a luta não para nunca! Encontros como este a Fenatema apoiará sempre para fortalecer o setor”
Marcos Sergio Duarte (Marquito) – presidente do Sintius e representante da Fenatema no congresso

“Os trabalhadores da categoria se reúnem para discutir um futuro, e isso para nós é fundamental.”
Pérsio Faulim de Menezes – Presidente da Associação Sabesp

“Somente a luta muda a vida, e esta categoria é de luta”
Pedro José Naoum Mattos – Levante da Juventude

“Este congresso vai fortalecer a luta dos trabalhadores, e o Sintius está junto”
Tanivaldo Monteiro Dantas – Dirigente do Sintius e representante do Depaurb/CNTI

“Eu só tenho a agradecer a esta categoria que luta bravamente pelos nossos direitos e tenta barrar a ofensiva neoliberal desses últimos 20 anos”
Walter Soares – Secretário Adjunto de Segurança e Controle Urbano da Prefeitura de Osasco e ex-diretor do Sintaema

“Esta categoria está de parabéns por levar mais qualidade de vida à população e por combater a terceirização desenfreada”
Francisca Adalgisa da Silva – Presidente da APU

“É muito significante a luta desta categoria contra a privatização do saneamento. Tenho uma história muito forte com vocês, pois levaram muitas melhorias aos bairros, em especial os da Zona Norte, onde está minha família e onde eu pude acompanhar a evolução da qualidade de vida dos moradores graças à categoria.
O gabinete da deputada Leci Brandão está à disposição de vocês”
Rozina Conceição – Assessora Técnica Parlamentar da deputada Leci Brandão

“É com alegria e satisfação que vejo a luta do Sintaema contra o teatro da incineração, que não passa de uma privatização do lixo”
Roberval Prates Reis – Coordenador Estadual do MNCRMovimento Nacional dos Catadores de Recicláveis

Também estiveram presentes e prestigiaram o congresso o companheiro Nivaldo Santana Silva – vice-presidente da CTB nacional, o vereador por São Paulo e presidente do PCdoB estadual Orlando Silva, Louise Lobler, da direção estadual do MAB- Movimento dos Atingidos por Barragens, Jaelson Neris, presidente do CRF da Cetesb, João Coutinho da Silva Filho, dirigente do Sintius. Agradecemos ao presidente da Associação Sabesp, Pérsio Faulim de Menezes, que muito gentilmente foi o mestre de cerimônias da abertura do evento.

Debate sobre conjuntura trouxe expoentes de peso
Para expor e debater com propriedade sobre o tema do congresso tivemos a presença do prof. de economia da Unicamp, Anselmo dos Santos, do coordenador do MST, João Pedro Stédile, e do jornalista Altamiro Borges, do Instituto de Estudos Barão de Itararé. Os trabalhos em grupo foram produtivos.







Moções



O congresso aprovou duas moções de repúdio: contra a barbárie da polícia do Rio de janeiro na morte e desaparecimento do corpo do trabalhador Amarildo, com a conivência do governo; e contra o diretor da Fundação Florestal, que acionou policiais civis fortemente armados durante a greve dos trabalhadores em 2012.

Coral


O evento foi abrilhantado pelo Coral da Cetesb, que sob a regência do maestro Gualtieri Beloni Filho cantou belíssimas músicas, inclusive o Hino Nacional e o Hino do Sintaema, e emocionou a todos. Um vídeo com os principais momentos da categoria também foi exibido na abertura, mostrando a atuação do sindicato e dos trabalhadores.

Poesia e samba

O evento foi abrilhantado pelo Coral da Cetesb, que sob a regência do maestro Gualtieri Beloni Filho cantou belíssimas músicas, inclusive o Hino Nacional e o Hino do Sintaema, e emocionou a todos. Um vídeo com os principais momentos da categoria também foi exibido na abertura, mostrando a atuação do sindicato e dos trabalhadores. Acima, o sabespiano Isaías Barbosa da Silva, de São José dos Campos, que mais uma vez homenageou o evento com suas poesias. Abaixo, autêntica roda de samba que animou uma das noites do congresso.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo