CTB apura morte de sindicalista

Publicado em 03/11/2010 00:00

Tamanho da fonte:

A CTB está exigindo das autoridades a apuração da forma mais rápida possível o assassinato do companheiro Serjão, diretor de base do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo, morto a tiros no último dia 26. Serjão tinha 48 anos, pai de três filhas e avô de dois netos, e trabalhava com transporte rodoviário há 16 anos. O Sintaema lamenta a morte e apoia a CTB em sua luta pela punição dos responsáveis pelo crime

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo