Confira a ata da reunião sobre o Plano de Cargos e Salários

Publicado em 26/04/2010 00:00

Tamanho da fonte:

Reuniram-se os participantes mencionados acima para que os representantes dos Sindicatos recebessem informações relativas ao Plano de Cargos e Salários. Os representantes da Empresa informaram os principais ajustes que ocorreram no Plano, em atendimento as orientações da PGE:
• Aspectos Gerais do Plano: Fusão de cargos; tabelas salariais demonstrando o percentual entre níveis e degraus, forma e tempo de progressão no cargo;
• Função gratificada – Alteração de valor fixo para variável de acordo com o salário base do empregado e o valor da função;
• Dimensionamento do quadro de pessoal – Por cargo e nível salarial;
• Recurso orçamentário – Previsão máxima de 1% de recurso orçamentário/ano, a partir de 2011 para movimentação de pessoal.

Por parte dos Sindicatos foi dito que discordam:
• Dos ajustes no Plano, uma vez que, não houve discussões prévias com os Sindicatos e empregados;
• Da verba prevista para movimentação de pessoal de 1%, insuficiente, pois seria necessário no mínimo 4% por ano;
• Da necessidade de vaga e verba para promoção e a forma de dimensionamento de pessoal/cargos, visto que, estabelece quantidade de empregados máxima por nível provocando clima de competição;

• Da impossibilidade de progressão entre carreira, porque cria falta de perspectivas profissionais, desestimulando os empregados;
• Da falta de verba para enquadramento de pessoal com a aplicação dos ajustes do Plano, bem como, para regularização dos desvios de função;
• Da ausência de mecanismo que avalie a experiência do empregado;
• Da manutenção do Salário Regional; e
• Da descaracterização das profissões provocada pela fusão de cargos.
Acrescentaram que o Plano demonstra desrespeito com a capacidade humana de progredir e apresenta-se como o pior acontecimento para os empregados da Sabesp nos últimos anos.
Os representantes da Sabesp esclareceram que com as adequações:
• Estão acolhidas as determinações legais, orientações dos órgãos de controle e a necessidade de haver um plano aprovado;
• Ocorrerá a retomada das movimentações de pessoal;
• O agrupamento de cargos propiciará maiores perspectivas de evolução na carreira;
• As carreiras estão claras, definidas e horizontais, apesar do tempo de movimentação;
• A promoção de um degrau (4,5%) equivale a inflação acumulada de um ano, e por sua vez, a promoção de um nível, 14% equivalem a três anos;
• As promoções serão de acordo com a evolução das competências individuais;
• Haverá aumento do teto salarial da carreira técnica, aumentando as possibilidades de progressão salarial; e
• A função gerencial será equalizada, possibilitando que gerentes de mesmo nível hierárquico recebam a mesma remuneração total.
Ressaltaram ainda que as modificações do Plano foram discutidas com todas as lideranças internas.
Os Sindicatos alertaram, também, que no dia 22/04/2010, realizarão Assembléia dos Trabalhadores para deliberação de greve geral a partir de 30/04/2010, caso a Sabesp não efetue o pagamento referente ao Programa de Participação nos Resultados – PPR 2009.
Os representantes da Sabesp aproveitaram a ocasião para informar aos Sindicatos que no dia 04/05/2010 ocorrerá a primeira reunião de Negociação Coletiva 2010/2011.  

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo