Com luta e mobilização fechamos o acordo!

Publicado em 06/06/2006 00:00

Tamanho da fonte:

Os trabalhadores da Sabesp encerraram no dia 30 a greve iniciada no mesmo dia, em um movimento que contou com alto índice de adesão e que teve como objetivo pressionar a empresa para que a mesma melhorasse a proposta apresentada no dia 29. Como não houve avanço, e além disso a direção da empresa ingressou com dissísio de greve junto ao Tribunal Regional do Trabalho-TRT, os trabalhadores analisaram a nova situação e decidiram aprovar a proposta feita pela empresa no dia anterior. Diante de uma conjuntura de grandes dificuldades na qual trabalhadores de setores importantes, como os das montadoras, por exemplo, estão sob ameaça de demissão, e além disso, em um processo crescente de terceirização que traz a precarização nas relações de trabalho, consideramos este acordo muito importante para nossa categoria, pois além de preservar o que tínhamos, avançamos em novas conquistas, como estas, por exemplo: • Ampliação da gratificação de férias • Recuperação de 6 meses da PLR que não foi paga em 2000 por força de Decreto do então Governador interino Geraldo Alckmin, bem como a ampliação da sua parte fixa (vide ;itens abaixo). Parabéns a todos os trabalhadores e trabalhadoras que participaram ativamente deste rico processo de luta! Confira os principais itens aprovados: • Reajuste salarial de 4,63% com repasse aos benefícios de cesta básica, vale-refeição, auxílio-creche e gratificação para dirigir veículos; • Reajuste de 16% na gratificação de férias, passando de R$ 647,64 para R$ 750,00. • Garantia no emprego de 98% do efetivo, nos mesmos moldes do acordo anterior; • PLR: distribuição de uma folha de pagamento com parcela única em fevereiro de 2007 referente ao período de janeiro a dezembro de 2006, sendo que a parte fixa (30%) passou de R$ 849,83 para R$ 1.212,14, pois foram inclusos os adicionais de periculosidade, insalubridade, hora-extra e gratificação para dirigir veículos. A outra parte (70%) é variável de acordo com o salário.Vale frisar que o pagamento da 2ª parcela da PLR referente ao período anterior será feito normalmente em agosto deste ano. • Manutenção das cláusulas do acordo coletivo anterior: complemento de auxílio doença, dirigentes sindicais e delegados sindicais, entre outros; • Pagamento de um bônus salarial em novembro de 60%, 65% ou 70% do salário base, de acordo com a avaliação de desempenho. • realização de eleições para Representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da Sabesp, um antigo pleito do Sintaema; • Criação de um grupo de estudos com participação da Sabesp, das entidades representativas dos empregados e da Sabesprev para a avaliação dos planos de saúde.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo