Cetesb – Trabalhadores aprovam greve

Publicado em 31/05/2012 00:00

Tamanho da fonte:

Frente ao descaso da empresa, que apresentou uma proposta inadmissível na última reunião (17) e cancelou duas rodadas de negociação, os trabalhadores e trabalhadoras da Cetesb se reuniram em assembleia no dia 29 e aprovaram a greve a partir do dia 4 de junho, além do estado de assembleia.
Às vésperas do Dia Mundial do Meio Ambiente, uma data que deveria ser de comemoração, os trabalhadores precisam fazer greve para que a empresa e o governo do Estado “acordem” para a realidade da categoria. É muita desvalorização, justamente com aqueles que preservam o Meio Ambiente.
Até o momento a proposta da Cetesb se resume no absurdo de reduzir a garantia no emprego para 90% do efetivo, reajuste de 4,15% sobre os salários com repasse aos benefícios e manutenção das demais cláusulas, como o Plano de Assistência Médico Hospitalar, desjejum e complementação do Auxílio doença, entre outras. 

O Sintaema não aceitou a garantia no emprego para 90% do efetivo, visto que pleiteia 100%, e considera a proposta geral insuficente, pois acredita que a empresa tem condições de melhorar muitos itens.
“Os trabalhadores merecem muito mais que 4,15%, é obrigação do Estado valorizar seus trabalhadores, pois eles levam saúde para a população”, disse o presidente Rene Vicente.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo