Assembléia aprova acordo!

Publicado em 30/05/2007 00:00

Tamanho da fonte:

Após intensas negociações, Sintaema consegue uma proposta contemplativa aos trabalhadores, aprovada na última assembléiaSeis rodadas de negociação, muita resistência do Sintaema e mobilização e conscientização dos trabalhadores resultaram no fechamento do acordo com a Sabesp, após aprovação da proposta, no último dia 28, o primeiro acordo fechado em mesa nos últimos seis anos. As negociações foram evoluindo graças à determinação dos trabalhadores em lutar pela ampliação das conquistas, e em prosseguir negociando até a Sabesp apresentar uma proposta que atendesse às principais reivindicações. Sob ameaça de greve e demonstrações de mobilização dos companheiros, que lotaram todas as assembléias do sindicato, a Sabesp apresentou a proposta no último dia 24, que foi avaliada pelos trabalhadores e aprovada no dia 28. Além da garantia no emprego, reajuste salarial e ampliação do reajuste nos benefícios, este acordo traz avanços de suma relevância: • Adicional insalubridade: a Sabesp se comprometeu a retomar o pagamento do adicional para os casos de intermitência; • Mudanças significativas no Plano de Remuneração por Competências: mesmo não atendendo o pleito do Sintaema em implantar um novo plano de cargos, a Sabesp criará o nível C, atingindo 6.900 trabalhadores da categoria operacional, reduzirá o período de promoção automática para serventes e praticantes de seis para três meses; reduzirá de 2 para1 ano a avaliação para as movimentações; ;para as promoções verticais, será utilizada a própria vaga; aumentará de 1% para 2% os recursos da folha de pagamento para as movimentações. • Equacionamento do déficit do plano atuarial do Plano Previdenciário: há anos insistimos para que a Sabesp arcasse com o pagamento da parte dos funcionários, e agora a empresa deu um sinal positivo em relação a este pagamento; • Salário regional: Pela 1ª vez, conseguimos abrir um canal de diálogo com a Sabesp, e em julho estaremos em reunião com a empresa para reivindicar o fim do salário regional. É um grande avanço, visto que mesmo com todo o protesto do sindicato em relação a esta modalidade, a empresa discordava terminantemente em discutir o assunto. • reajuste salarial de 3,37% (FIPE) • reajuste de 10% na cesta básica: de 107,30 para R$ 118,03, com subsídio integral da empresa aos que receberem até R$ 3.960,00, mantendo a subvenção de 80% para os demais; • reajuste de 10% na parte fixa da gratificação de férias: de R$ 750,00 para R$ 825,00, + 40% da diferença entre o salário-base e o valor fixo (atualmente a diferença é de 33%) • reajuste de 10% no auxílio-creche: de R$ 150,39 para R$ 165,43 • reajuste de 3,37% no vale-refeição: de R$ 14,57 para R$ 15,07, com elevação do subsídio médio de 85% para 90%, mantendo-se os critérios anteriores; • reajuste de 10% no adicional para dirigir veículos: de R$ 9,49 para R$ 10,44 • garantia no emprego de 98% do efetivo de pessoal • Adicional de insalubridade; a empresa, que só pagava para exposição habitual, retomará o pagamento por intermitência • PLR: uma folha de pagamento cheia, a ser distribuída em abril/2008, considerando o período de janeiro a dezembro/2007; • Programa de bônus salarial: sistema de avaliação, do governo estadual, de desempenho empresarial, regional e individual, no período que vai de janeiro a dezembro de 2007, com distribuição de até uma folha de pagamento condicionada ao cumprimento de metas, a ser paga ao final do 1º semestre de 2008; • Plano de Remuneração por Competência: De 1% passa para 2% da folha de pagamento para movimentação de pessoal, prevendo a correção de distorções, de desvios de função, a criação de mais um nível para a categoria operacional e diminuindo o período de movimentações de dois para um ano. • Plano Médico: criação de grupo de estudos composto por Sabesp, sindicatos, Sabesprev e consultoria contratada para estudos dos planos básico e especial, com data de conclusão proposta para 15/09/07. • Plano previdenciário: equacionamento do déficit atuarial (R$382,642 mi) sendo que a empresa paga a sua parte (R$ 191 mi), a parte dos funcionários (R$ 87 mi), R$ 50 mi do plano pleno (superávit desse plano), e R$ 54 mi da resolução 04. • Manutenção da complementação do auxílio-doença previdenciário/acidentário, delegados sindicais e dirigentes sindicais; • Salário regional: em virtude de documento enviado pelo Sintaema e solicitação dos demais sindicatos, a Sabesp agendará reunião, após celebração do Acordo Coletivo 2007/2008, em julho de 2007 sobre o salário regional. • Manutenção das cláusulas pré-existentes • Pagamento do retroativo: até o fechamento desta edição a Sabesp não confirmou a data do pagamento. Informaremos pela nossa página na internet.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo