Após greve, empresa avança na proposta e acordo é aprovado

Publicado em 21/06/2010 00:00

Tamanho da fonte:

União e luta resultaram em desfecho favorável Após várias reuniões em que o Sintaema expunha todos os anseios dos trabalhadores e o Secretário de Meio Ambiente e o presidente da Cetesb permaneciam inertes em relação ao pleito, os trabalhadores decidiram partir para a greve, esse importante instrumento de luta que culminou na seguinte proposta: • reajuste de 30,13% no Vale-Alimentação – de R$ 105,28 para R$ 137,00; • Garantia de 95% no emprego; • Reajuste de 5,05% (IPC-FIPE) nos salários e benefícios, sendo que: – VR: de R$ 17,18 para R$ 18,05 – Auxílio creche: de R$ 252,00 para R$ 265,00 – Auxílio excepcional: de R$ 504,00 para R$ 530,00 – Gratificação de férias: R$ 572,84 para R$ 601,77 • Manutenção das cláusulas do acordo anterior; • Criação de um grupo de trabalho para discutir o aperfeiçoamento do Plano de Carreira; • Não desconto dos dias parados. A greve foi iniciada no dia 8 e terminou na manhã do dia 9, após reunião entre o Sintaema e representantes da Cetesb. Diante da evolução das negociações, principalmente no que se referiu ao índice de garantia no emprego e ao reajuste do Vale alimentação, os trabalhadores aprovaram por ampla maioria a proposta e encerraram a greve, que teve ótima adesão e participação dos funcionários da Cetesb. Também foi aprovada a contribuição de 3% para os não-sócios, dividida em duas vezes. Sem dúvida, a adesão, participação e mobilização dos trabalhadores foram determinantes para o desfecho favorável. Parabéns a todos os companheiros e companheiras da Cetesb que conquistaram mais um acordo coletivo, mantendo e ampliando benefícios. Acordo assinado Em 17 de junho o Sintaema e o presidente da Cetesb Fernando Rei assinaram o acordo coletivo dos trabalhadores, concluindo assim a luta vitoriosa dos cetesbianos.

Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Voltar ao Topo