Sabesp: Sem proposta!

Publicado em 12/06/2017

Tamanho da fonte:

A 4ª reunião de negociação, de acordo com o calendário estabelecido, realizada entre o Sintaema e a Sabesp na data de hoje (12), foi totalmente inócua, não houve qualquer proposta por parte da Sabesp em relação às reivindicações econômicas dos sindicatos.


A empresa disse que vai se reunir ainda hoje com os órgãos do governo para uma resposta ao pleito e limitou-se a apresentar as regras para a eleição do representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da Sabesp, que, por sinal, mudaram depois de uma lei de 2016, com mais exigências para o cargo.
O Sintaema, que havia feito sugestões na última reunião sobre o assunto, vai estudar as novas regras para poder indicar o representante.


Na ocasião o Sintaema colocou a questão de alguns pais que não estão podendo usufruir do benefício de 15 dias de licença paternidade pela empresa-cidadã, além dos cinco permitidos por Lei.
A Sabesp informou que o direito é praticado pela empresa, porém desde que o pai faça o curso condicionado pela lei. O sindicato disse que a informação sobre isso precisa fluir e ser melhor divulgada, inclusive se propôs a propagar na página do sindicato. Os casos existentes atualmente serão levados ao RH da empresa. ( Confira como acessar o benefício da licença-paternidade).

Outra questão levantada pelo sindicato foi em relação a trabalhadores que exercem suas funções de terça a sábado e que, portanto, nunca não conseguem usufruir dos feriados prolongados. A Sabesp concordou que isso precisa ser revisto e informou que vai tratar desse assunto no próximo calendário de compensação.


Frente a ausência de uma proposta em relação às cláusulas econômicas, o sindicato vai aguardar a audiência no TRT e, se não houver avanços, vamos aprovar greve na assembleia!

Todos na assembleia!
Dia 13 de junho, às 18h, na Sede do Sintaema
Juntos na luta!
Compartilhe agora com seus amigos
TwitterFacebookWhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo